ATRAIA TALENTOS COM A MENTE DE UM PROFISSIONAL DE MARKETING

ATRAIA TALENTOS COM A MENTE DE UM PROFISSIONAL DE MARKETING
Postado em: 2017-03-24 12:25:40

De alguns anos para cá, temos ouvido muito sobre trabalhar a marca empregadora de uma empresa e sua importância para se manter os melhores talentos e atrair muitos outros do mercado.

Mas o que isso significa na prática?

Trabalhar a marca empregadora passa por mostrar quem a empresa realmente é, destacando seus valores e cultura. Esse trabalho começa internamente com seus próprios funcionários.

Afinal, são eles as melhores fontes de referência para candidatos que pretendem se candidatar a uma vaga futuramente.

A necessidade de uma empresa trabalhar sua marca empregadora vai além de uma percepção boa ou ruim que seus funcionários, e possíveis candidatos, possam ter sobre ela. Quando há um trabalho bem feito em torno disso, a empresa reduz custos de contratação.

Além de competências técnicas que condigam com as necessidades da vaga, contratar pessoas que estejam em sinergia com o propósito da empresa diminui a rotatividade de funcionários e gera uma economia significativa. Para se ter uma ideia, o custo adicional por funcionário contratado quando uma empresa não investe em sua reputação ultrapassa os 4 mil dólares.

Agora uma pergunta que vocês devem estar se fazendo é: qual a melhor forma de trabalhar sua marca empregadora? Bom, existem alguns caminhos, mas tem um em específico que quero compartilhar.

Quando falamos sobre esse tema, temos que pensar como vamos posicionar nossa marca para ser atraente para os melhores profissionais do mercado. Assim, quando eles estiverem prontos para um movimento de carreira, pensarão em nossa empresa como um lugar desejado para trabalharem. Nesse sentido, o profissional de marketing tem exactamente o mesmo objectivo em outro contexto. Ele usa técnicas para construir marca, atrair novos clientes para seus produtos e serviços, satisfazer e fidelizar clientes. Essas técnicas podem ser aproveitadas pelos profissionais de RH nessa missão, construindo a marca empregadora, gerando demanda para novas contratações, satisfazendo e fidelizando seus funcionários actuais, para que permaneçam mais tempo na empresa.

Hoje, vivemos em um ambiente extremamente competitivo com inúmeras empresas do mesmo segmento disputando os melhores profissionais do mercado. Quem sai ganhando?

Aquela que mostra para o candidato quem ela realmente é, quais são seus valores, propósitos, ambiente de trabalho e como os funcionários se sentem trabalhando lá.

Em alguns mercados, como EUA, o trabalho de construção da marca empregadora já é parte do dia-a-dia de recrutadores e Directores de RH.

No Brasil por exemplo, muitas empresas fazem isso de forma brilhante, mas por se tratar de um tema relativamente novo, algumas delas ainda estão a começar a entender por onde começar essa jornada.

Na semana passada, o LinkedIn lançou um guia com quatro passos para construir uma marca empregadora de destaque, que pode ajudar bastante as empresas que estão buscando caminhos práticos para essa missão.

Para as empresas que querem se destacar mercado e ser referência como local de trabalho desejado, ter uma marca empregadora forte está a deixar de ser uma opção. Em um mundo corporativo cada vez mais competitivo, atrair os melhores talentos e que tenham propósitos compatíveis com os da empresa é essencial para seu contínuo crescimento.

E você, como avalia a marca empregadora de sua empresa?

Autoria: Lia Vicente
Fonte Linked Inn

© 2017 RAMOSSOFTTECNOLOGIAS. Todos os direitos reservados.